Weby shortcut
Alunos de Biotecnologia conquistam 1° lugar no Desafio da Borracha

Alunos de Biotecnologia conquistam 1° lugar no Desafio da Borracha

O Desafio Inovação na Borracha foi um evento promovido pela UFG juntamente com a APROB (Associação dos Produtores de Borracha Natural dos Estados de Goiás e Tocantins), visando o aprimoramento da cadeia de produção da borracha. Os participantes, durante aproximadamente um ano, receberam treinamentos e orientações para se inteirar do atual cenário da haveicultura e desenvolver uma estratégia para impactar positivamente o setor.

Pensando nisso, os alunos da graduação em Biotecnologia Iago Beffart, Heitor de Oliveira, Júlia Moraes, Gianlucca Urzeda e Rodolfo de Carvalho, integrantes da ByTechnology, Empresa Júnior do IPTSP (Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública), desenvolveram um produto inibidor de cheiro com base biológica nomeado "Inibitech".

"Dentre os problemas apresentados pelos palestrantes e mentores do desafio, a equipe selecionou o problema que possuía impacto tanto econômico como social: o mau cheiro do látex in natura. Através de entrevistas, a equipe detectou que a exposição constante ao cheiro no ambiente de trabalho causava um intenso desconforto nos seringueiros, o que fazia reduzir seu rendimento. Além disso, o mau cheiro era uma das principais causas do pedido de demissões, o que aumenta os gastos em relação a acerto de contas e novos treinamentos. O problema também foi selecionado devido à identificação de sua causa, que era de origem biológica: a fermentação anaeróbia do soro do látex que decantava abaixo do coágulo no pote de coleta.", respondeu Júlia Moraes quando questionada sobre a origem do produto.

Com a ideia a equipe conquistou o primeiro lugar do Desafio e destacou a importância da Biotecnologia no processo criativo, uma vez que o profissional da área sempre desenvolve o raciocínio com abordagem interdisciplinar. O evento contou com a participação de 188 pessoas organizadas em 52 equipes de 5 instituições diferentes. A equipe desenvolvedora do Inibitech recebeu a premiação no valor de 5 mil reais durante o V Congresso de Heveicultura, que aconteceu em Goiânia, entre os dias 24 e 27 de outubro. 

 

Categorias: NOTÍCIAS Graduação Empresa Júnior Biotecnologia